“Para mim é uma missão, pois quem não tem amor não fica na APAE”

Benedita Morelli Franci conhecida como Professora Ditinha, é diretora da APAE, (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). Ela é uma apaixonada pela profissão de professora. Já foi vereadora e diz que hoje a razão de sua vida são as crianças da APAE. Nesta entrevista, Ditinha conta sobre os desafios da entidade na cidade, e do trabalho realizado com crianças com necessidades especiais. Transcrito do Jornal Alternativa nº361 de 28de maio de 201 – Fotos Nilton Ramos

Leia Mais

Moradores do Mont Serrat reclamam de mudança na distribuição do Programa Leve Leite

Há cerca de seis anos a comunidade do bairro Mont Serrat em Itapevi recebe o benefício do Programa Leve Leite, oferecido pelo governo do Estado. No entanto, há algumas semanas, a instituição responsável pela distribuição, o Comitê de Solidariedade, sob o comando da ex-prefeita de Itapevi, Dalvani Caramez, mudou o ponto de distribuição, que agora fica há cerca de 4 quilômetros de distância do antigo local.

Leia Mais

MENINOS DE RUA

É cada vez mais notória a existência de meninos e meninas de rua, que pedem dinheiro ou vendem balas em semáforos, oferecem-se para guardar carros contra furtos, abordam os pedestres na calçada, movem-se em bandos e dormem na rua. Cenário urbano no Brasil que, para uns, é causa de indignação com os rumos deste país e, para outros, do que gera desconforto e insegurança.

Leia Mais

VIOLÊNCIA REAL E FICTÍCIA

A violência abrange duas dimensões: a real e a fictícia. Como se não bastassem os atos reconhecidos como violentos e o seu aumento estatístico, uma parte do que se propaga é fruto do medo, da insegurança e de outros sentimentos introduzidos que nos fazem sobredimensionar o fenômeno e crer que nossa época é o seu momento culminante. Quanto a este tema que percorre vários quadrantes, como o âmbito familiar e o profissional, o texto presente incentiva ao desvelo da idéia de violência sem fugir do cotidiano.

Leia Mais