Ruth Banholzer lidera pesquisa de intenção de votos em Itapevi

Na pesquisa espontânea, ex-prefeita aparece com 29% das intenções de voto, contra 13% de Teco, o segundo colocado. Já na estimulada, tem 39,25% da preferência. Ex-prefeita também lidera a reijeição

Fonte- (politica@webdiario.com.br)

A ex-prefeita Ruth Banholzer (PTB) lidera as intenções de voto para a Prefeitura de Itapevi. É o que aponta pesquisa encomendada pelo Diário da Região ao Instituto Sebram Pesquisas. Ela está à frente dos demais pré-candidatos em quatro cenários abrangidos pelo levantamento.

Na pesquisa espontânea (que é feita sem indicar o nome dos candidatos aos entrevistados), ela tem 29% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparece o ex-vereador Teco (PSD), com 13%, seguido pelo deputado estadual Igor Soares (PTN), com 10,75%. Outro ex-prefeito da cidade, João Caramez (PSDB), figura em quarto lugar, com 4% da preferência do eleitorado, enquanto Alex Deivis (REDE) tem 1,5% e o candidato Alexandre foi indicado por 0,5% dos entrevistados. Ainda nesse cenário, 41,25% dos eleitores não souberam responder ou não opinaram sobre quem vão votar em outubro.

Já na pesquisa estimulada (quando o nome dos candidatos é indicado aos entrevistados), a vantagem da ex-prefeita é ainda maior. Ruth Banholzer foi apontada por 39,25% dos eleitores. Em segundo lugar, novamente, está o ex-vereador Teco, com 19%, enquanto o deputado estadual Igor Soares tem 16,45%. Na quarta posição está Alex Deivis, 2,50%. Além disso, 14,30% dos entrevistados não souberam opinar e 8,5% apontaram votos em branco.

Em um terceiro cenário, também com pesquisa estimulada, mas sem o nome de Igor Soares, Ruth tem desempenho semelhante ao anterior, com 41,75% das intenções de voto. O ex-vereador Teco sobe para 26,50%, indicando uma tendência de migração dos votos do deputado para seu nome, enquanto Alex Deivis figura com 3%. Não opinaram 20,75% dos entrevistados, enquanto 8% dos votos foram brancos ou nulos. Já quando é o pré-candidato Teco que está fora da lista, Ruth Banholzer tem um desempenho ainda melhor, subindo para 43,25% das intenções de voto, enquanto Igor Soares vem sem segundo, com 24,55% – mostrando, nesse caso, uma divisão, entre os dois nomes, de transferência dos votos que seriam de Teco – enquanto Alex Deivis tem 3%. Uma parcela de 19,20% dos entrevistados não soube opinar e 10% dos votos foram brancos ou nulos.

Curiosamente, a ex-prefeita também é a líder em rejeição. Ao responder a pergunta “em qual desses candidatos você não votaria a prefeito?”, ela foi indicada por 23,50% dos entrevistados.Teco tem a segunda maior rejeição, de 19,75%, seguido por Igor Soares, com 14% e AlexDeivis, com 8,25%. Uma parcela de 28,25% dos entrevistados não soube opinar e 6,25% dos votos foram brancos ou nulos.

Registrada sob o número de identificação SP-01257/2016, a pesquisa ouviu 400 pessoas entre os dias 14 e 17 de abril. A margem de erro é de 5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Dentre os entrevistados, 51,50% eram mulheres e 48,50%, homens. Os eleitores também foram divididos por faixa etária, sendo 13% de 16 a 20 anos, 22,75% de 21 a 30 anos, 30,50% de 31 a 40 anos, 22,25% de 41 a 50 anos, 9,50% de 51 a 65 anos e 2% com mais de 65 anos. No perfil por escolaridade, 1,50% era analfabeto, 26,25% tinham o Ensino Fundamental, 65,50% tinham Ensino Médio e 6,75%, o Ensino Superior. Por faixa de renda, 3% não tinham rendimentos; 29,50% ganhavam até 1 salário mínimo, 51,75% ganhavam de 1 a 3 salários; 14,50% de 3 a 5 salários e 1,25% de 5 a 7 salários mínimos.

 

Fonte Web Diario

Relacionados