Itapevi Notícias

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Roda de Fogo INFORME DO VEREADOR PROFESSOR PAULINHO ESCLARECIMENTO SOBRE A ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL

INFORME DO VEREADOR PROFESSOR PAULINHO ESCLARECIMENTO SOBRE A ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL

Imprimir

Vereador_Paulinho2_Em razão das publicações em diversos veículos de comunicação sobre as eleições realizadas na Câmara Municipal de Itapevi, venho a público, como candidato daquele pleito, esclarecer a verdade acerca de seu resultado final. Há pelo menos um ano eu já vinha articulando, por meio de diálogos, a minha candidatura a Presidência daquela Casa.

Comecei obtendo a palavra de apoio de alguns vereadores, entre eles, o atual presidente e o primeiro secretário, do Partido Verde (PV). Para selar os compromissos verbais passamos para as ações concretas, mostradas na ultima eleição a Deputado Federal onde, me propus a dar minha contribuição acerca do comprometimento firmado em mesa de reuniões.

Apoiei o candidato do município a Deputado Federal. Como foi me solicitado organizei equipes de trabalho, convoquei lideranças de vários segmentos e ex – vereadores para apoiá-lo, realizamos, juntos, diversas reuniões pelos bairros da Cidade e festas de confraternização bem como a do lançamento de sua campanha no Clube de Campo.

Conversei com todos os vereadores sem exceção, sendo que os do Partido dos Trabalhadores (PT) já tinham uma situação definida de se absterem ou se ausentarem do pleito e, um vereador do Partido Progressista (PP) que também procurava pleitear a Presidência, porém sem apoio dos demais, inclusive de seu próprio partido. Sendo assim, desde o período das eleições  eu já tinha apoio dos outros vereadores totalizado em nove parlamentares. Para formação da mesa Presidencial propus uma fusão de todos os partidos que ficariam com: PTB/PRB/PP/PV.

Assim, foram-se fortalecendo os compromissos assumidos até a véspera do pleito, dia 29 de Novembro, onde jantamos todos juntos, com outras lideranças políticas e saímos do local por volta de 23hs, com todos reafirmando o apoio a minha eleição, o que me deixou com a sensação de que estava lidando com homens de palavras e que honrariam seus compromissos. No dia da eleição (30), ainda fizemos um café da manhã na sala de reuniões da câmara sem, contudo, saber que, em algumas horas eu seria traído.

Causou-me espanto o 1º secretário a pleitear o cargo naquele momento devido até então estarmos de laços unidos em torno de meu nome. Após, sabendo que essa quebra de palavras foi realizada na madrugada, fiquei realmente indignado. Na calada da noite articularam a propositura de outra mesa e, ainda por cima os vereadores do PV, compondo com outros quatro, três do PT e um do PP, que não moveram uma palha nas eleições a  candidatura a deputado federal pelo município, muito menos deram seu voto a ele, preferindo os candidatos de outras cidades.

A mesa vencedora hoje esta composta pelo PV/PT/PP. Deixaram de fora o PTB, e PRB, sendo o PP “rachado” por um vereador,  numa  clara demonstração de que não honraram seus compromissos assumidos anteriormente comprometidos. Agora, dizem que foi uma decisão partidária. Então eu pergunto: Foi uma decisão da militância dos partidos ou decisão pessoal dos vereadores? Se houve a decisão da militância partidária, as convenções foram realizadas na calada da noite sem a população e os veículos de imprensa saberem.

Será que os filiados dessas agremiações se reuniram naquela madrugada para determinar qual seria a posição deles dentro de seus partidos? Será que a executiva desses partidos sabia dessa decisão e, será que existe uma lista de presença de convenção realizada para esse fim? É no mínimo ridícula essa afirmação, pois eles não têm como justificar a falta de palavra dada num compromisso e ainda por cima traíram também a própria militância não lhes dando a oportunidade de se manifestarem.

Fica aí uma situação para os eleitores analisarem: se não cumpriram um compromisso de cavalheiros envolvendo diretamente nove pessoas, será que vão honrar com os quase 130 mil eleitores que temos aqui? Pensem nisso, pois, a política contemporânea é feita de políticos que fazem acordos e cumprem com transparência por meio de diálogos, em mesa de reuniões, não na sombra de outros.

Aproveito para agradecer a confiança a mim depositada, bem como um pedido de desculpas as diversas lideranças, em levar para dentro de suas edificações, pessoas que se demonstravam ter integridade de homens de bens. Mais uma vez dedico meu carinho as pessoas que estão caminhando junto comigo, como: minha assessoria, lideranças comunitárias, professores, lideres religiosos, professores, diretores de escolas, profissionais liberais, profissionais da área de segurança, políticos da região e a população em geral, que ainda acreditam que temos homens e mulheres honestos capazes de levar o nosso município ao lugar de destaque no cenário nacional, como vem ocorrendo com a atual administração publica.

Muito obrigado a todos. Feliz Natal e um Ano Novo semeado de verdadeiros amigos ao seu lado. Fiquem com Deus!

 

VEREADOR PAULO ROGIÉRIO DE ALMEIDA

“Professor Paulinho”

Última atualização em Qui, 09 de Dezembro de 2010 15:49  

Anunciantes

Links Recomendados?
Banner
Banner