Itapevi Notícias

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Região Guarda de Itapevi apreende mais de 2,5 mil litros de combustível irregular no Jardim São Carlos

Guarda de Itapevi apreende mais de 2,5 mil litros de combustível irregular no Jardim São Carlos

Imprimir

Nesta semana, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Itapevi apreendeu mais de 2,5 mil litros de combustível produzidos irregularmente em uma residência no Jardim São Carlos. A corporação também efetuou a prisão, em flagrante, de outros três homens envolvidos no tráfico de drogas nos bairros Jardim Rosemary, Jardim São Carlos e Jardim Itacolomi.

A primeira ocorrência aconteceu no domingo (20), quando agentes da GCM prenderam, em flagrante, um homem de 18 anos que praticava o crime de tráfico de drogas na Rua Serra Negra, no Jardim Rosemary. A Guarda aprendeu cinco cápsulas de cocaína, 31 pacotes de maconha e 39 pedras de crack.

Os GCMs efetuaram a prisão durante patrulhamento de rotina e após denúncia anônima. Ao ser abordado, as drogas foram localizadas e o suspeito disse que “praticava o crime por necessidade”. As drogas foram periciadas e confirmadas. Levado à delegacia, o homem deverá participar de audiência de custódia para definição da pena.

Na segunda-feira (21), a GCM de Itapevi prendeu, também em flagrante, um homem de 18 anos acusado de cometer o crime de tráfico de drogas. A prisão aconteceu na Rua Pirarucu, no Jardim São Carlos. Com ele foram apreendidos R$ 516 em dinheiro, 160 cápsulas de cocaína, 37 pedras de crack e 45 pacotes de maconha. As substâncias foram periciadas em laboratório e confirmadas.

O homem foi preso durante patrulhamento de rotina da Guarda. Os agentes chegaram até o suspeito após denúncia anônima. Inicialmente haviam três suspeitos, dois deles conseguiram fugir e um foi capturado na mata, após perseguição. As drogas foram apreendidas durante revista pessoal e o homem declarou ser usuário, mas diante da quantidade apreendida ele foi encaminhado à delegacia, indiciado e deverá passar por audiência de custódia para determinar a pena a ser cumprida.

Também na segunda-feira (21), a Guarda de Itapevi, prendeu, em flagrante, outro homem de 19 anos, acusado também pelo crime de tráfico de drogas. Os agentes efetuaram a prisão na Rua Floriza Nunes de Camargo, no Jardim Itacolomi. Os agentes apreenderam com o suspeito R$ 40 em dinheiro, 20 cápsulas de cocaína e 14 pedras de crack. As drogas foram encaminhadas ao Instituto de Criminalística de Barueri para averiguação e as substâncias confirmadas em laboratório.

Os GCMs chegaram até o homem durante patrulha de rotina. Ele tentou fugir quando foi avistado, mas acabou alcançado.  A equipe do Canil colocou o cão policial em ação, que encontrou as drogas. O homem tinha contra ele um mandado de prisão expedido pela 15ª Vara Criminal de São Paulo pelo mesmo crime de tráfico de drogas. Ele foi levado à Cadeia Pública e, posteriormente, para uma prisão no estado paulista para cumprimento do restante da pena.

Ainda na segunda feira (21), a GCM efetuou uma grande apreensão de combustíveis sendo comercializados clandestinamente. A ocorrência aconteceu na Rua Sardinha, no Jardim São Carlos. Um homem de 20 anos foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos sobre a produção e manuseio irregular da de diesel e de gasolina. Cerca de 2,5 mil litros do material estavam sendo produzidos de forma inadequada e sem inspeção técnica na residência. Em 37 bombonas de 50 litros os Guardas recolheram diesel e em ouras duas bombonas também de 50 litros estava sendo produzida a gasolina. Os combustíveis foram levados até o Instituto de Criminalística para perícia e confirmados em análise laboratorial.

A Guarda chegou até o homem após receber denúncia anônima. Uma caminhonete modelo GM/Montana também foi apreendida porque estava sendo carregada com o combustível clandestino.

O suspeito foi questionado e disse que não comercializava o material. Disse que o combustível havia sido retirado de um caminhão de um colega e seria transportado para outro veículo porque eles viajam muito e precisavam de bastante combustível, já que em outros estados o material era muito caro.

Diante da situação, o caso foi levado à delegacia. O delegado determinou perícia do veículo, que acabou sendo devolvido ao proprietário por não constar irregularidades documentais. As bombonas e combustíveis foram apreendidos pela GCM. A Polícia Civil determinou que a Defesa Civil realize perícia no espaço com o objetivo de notificar o proprietário do estabelecimento pelas condições irregulares de armazenamento do material.    

Última atualização em Sex, 25 de Janeiro de 2019 12:04  

Anunciantes

Links Recomendados?
Banner