Prof. Paulinho pede avaliação periódica das estruturas físicas e coletores de lixo eletrônico às escolas municiais de Itapevi

Sáb, 06 de Setembro de 2014 12:43 Nilton Ramos
Imprimir

Na última sessão ordinária de terça-feira, 02 de setembro, o vereador Prof. Paulinho solicitou melhorias de infraestrutura para a área da Educação em Itapevi.

Por meio do requerimento 760/14, foi solicitado estudo para avaliação periódica das estruturas físicas das escolas municipais, o que colaboraria com os respectivos gestores em manter os equipamentos escolares em boas condições.

Segundo justificativa, caso haja algum acidente envolvendo funcionários, ou até mesmo alunos, o gestor acaba sendo responsabilizado pela ocorrido, o que gera injustiça perante o profissional que tanto zela pela ordem e pelo patrimônio docente.

Também foi solicitado por Prof. Paulinho estudos para implantação de lixeiras para reciclagem de pilhas, baterias e similares (lixo eletrônico) nas escolas municipais. Prof. Paulinho disse que elementos como níquel, cádmio, mercúrio, entre outros causam intoxicação do solo, rios e vegetação no geral, além de que o próprio ser humano não é capaz de metabolizar substâncias como estas e acaba ficando exposto a graves danos no sistema nervoso cerebral e, até mesmo, câncer.

“Esse material, se coletado e reciclado de forma correta, pode favorecer de outras maneiras, como pigmentação em fogos de artifício, pisos de cerâmica, vidros e demais, bem como também trabalharia a conscientização dos alunos para as necessidades de preservação do nosso meio ambiente”, destacou prof. Paulinho.

Além da aprovação destes requerimentos, Prof. Paulinho também solicitou estudos referentes à matrícula de alunos portadores de deficiência locomotora permanente, para que estes possam estudar mais próximos de sua residência.

Prof. Paulinho disse que pessoas com deficiência locomotora permanente acabam desistindo e desgostando da escola, principalmente os mais carentes, devido à dificuldade de se locomoverem até ela.

“Se os alunos com deficiência de locomoção estudarem mais próximos de suas casas, certamente estaremos estimulando a vontade e o aprendizado destes alunos, que infelizmente carregam consigo a sensação de descaso devido às suas dificuldades”, declarou o vereador.

Última atualização em Sáb, 06 de Setembro de 2014 12:46