Itapevi Notícias

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Editorial Mais um escândalo

Mais um escândalo

Imprimir
Metralhas-7760361Já virou rotina. Mais um escândalo tem rondado as dependências da Prefeitura. Desta vez a denúncia envolve diretamente a Afupi, Associação dos Funcionários Públicos de Itapevi. Embora tenha vindo a público apenas nessa semana, os rumores de um suposto crime de estelionato têm sido ouvidos desde o início de fevereiro, logo que a nova diretoria da Afupi tomou posse.


Parece que algum espertinho (ou espertinhos) não resistiu ao ver um pouco de dinheiro vivo circulando nas dependências da associação e resolveu embolsar indevidamente. O problema é que todo o dinheiro que normalmente circula nestes ambientes tem sempre uma origem e um destino que devem ser criteriosamente respeitados, afinal, os associados querem ver a prestação de contas.

Segundo uma denúncia que chegou ao nosso site, alguns funcionários pagaram seus débitos com uma empresa parceira da Afupi diretamente para a associação só que esse dinheiro nunca chegou ao lugar certo (leia matéria sobre a denúncia).

Ao que tudo indica alguém cometeu um crime, ficando com um dinheiro que não lhe pertencia. Pelo que eu analisei da história parece que a ocorrência foi um caso isolado e não deve envolver toda a associação. Infelizmente, isso acontece em qualquer lugar. Não era para acontecer, mas acontece. Justamente por isso, para evitar que a imagem da Afupi fique prejudicada junto à sociedade itapeviense e a todos os associados, o caso deve ser apurado com seriedade, com profundidade e sem temer as conseqüências. Pois as únicas conseqüências ruins que podem acontecer é se tentarem abafar o caso. Aí, sim, seria um ato imoral, anti-ético e o mais grave, criminoso. Pois, não comunicar à Polícia a ocorrência de um crime também é um ato irregular. A omissão pode ser considerada criminosa também.

Agora eu me pergunto, será que não tentaram abafar o caso? Ora, se os rumores sobre a ocorrência estão circulando discretamente desde o início de fevereiro, por que só agora a Polícia foi comunicada? E detalhe, o boletim de ocorrência foi registrado por uma vítima que foi uma das últimas a saberem da história. Segundo informações apuradas pelo nosso site, a nova diretoria da Afupi foi comunicada da falsa comunicação dos falecimentos já há semanas, por que o próprio presidente não foi fazer o boletim de ocorrência há mais tempo?

Não entendo. A nova diretoria lutou muito para assumir o cargo, prometeu fazer uma administração transparente e deveria ter sido a primeira a dar o alarme. A prefeita não foi comunicada? Não se manifestou como deveria? Por que todos estão falando somente agora que o caso chegou na imprensa? Estranho, por que estão tentando abafar o caso? Se apenas uma pessoa foi responsável pelo desvio, ninguém deve se preocupar, passem o caso para a Polícia, pois, é ela quem tem o poder e as condições de investigar. Se algo for comprovado, a polícia encaminha o caso para Justiça e Justiça decide. Um crime só pode ser julgado pelo Poder Judiciário.

Por que tentaram abafar o caso? O escândalo não está sendo muito maior agora? Sim, porque agora ficamos com uma pulga atrás da orelha. Será que é só isso que está errado lá dentro ou há mais coisas?

A nova diretoria da Afupi entrou agora, os funcionários dessa nova gestão não têm o que temer. Mas têm, sim, a obrigação de agir com transparência, de honrar os votos recebidos pelos demais associados. As centenas de funcionários públicos municipais merecem respeito, assim como as vítimas diretamente envolvidas no caso.

Quem não deve, não teme. O caso deve vir à luz e é a Justiça quem deve decidir os rumos desta história, somente ela.
 

Anunciantes

Links Recomendados?
Banner
Banner